sábado, 25 de julio de 2009

Madeira!

Desperta madeira
Emite ondas
Exala vento-força
Balança a Amazônia

Embala as canoas dos ribeirinhos
Derruba os fracos de espírito
Levanta a tua forte correnteza
Contra os que querem te destruir

Emana sobre os sensíveis
O teu pedido de socorro
Conclama teus vizinhos fiéis
Folhas, pássaros, cablocos...

Que nós aqui estamos a te ouvir
Muito barulho... Muita força!
Muita luta vamos fazer!

Ângela Pereira.
1º de janeiro de 2009.

1 comentario:

  1. Olá, linda borboleta! Prazer em te conhecer.
    Que os teus voos sejam plenos,
    Que não te faltem, nunca, flores pelos caminhos.
    Beijos.

    ResponderEliminar